11/02/2019 | Cultura, Desenvolvimento Econômico, Turismo e Renda, Gabinete

SAIBA COMO O CARNAVAL AJUDA NA ECONOMIA DE BAURU

Além de ser uma festa popular no Brasil, o carnaval faz a economia do município circular, ou seja, o desenvolvimento econômico da cidade tem um aumento significativo.

A afirmação pode ser feita com base em dados gerados durante o período do carnaval no município. Um exemplo impactante é que, anualmente, são gerados mais de 800 empregos temporários diretos na contratação pelas Escolas de Samba de costureiras, artesãos, serralheiros, carpinteiros, pintores, eletricistas entre outros. De acordo com representantes das escolas de samba, “isso melhora a renda pessoal e a condição financeira familiar dessas pessoas”.

Além dos profissionais contratados diretamente pelas Escolas de Samba, durante o período, Bauru passa a ter condições de garantir a manutenção de empregos indiretos, onde lojas especializadas aumentam a venda de tecidos, adereços e decorações relacionadas ao carnaval, o que movimenta o comércio local.
“Outras empresas que aumentam suas receitas são as fornecedoras de bebidas, supermercados, postos de gasolina e restaurantes que passam a ter a oportunidade de oxigenar a economia e manter um ciclo produtivo no desenvolvimento econômico da cidade”, comenta Aline Fogolin – secretária do Desenvolvimento Econômico, Turismo e Renda – Sedecon, de Bauru.

Os trabalhos formais realizados pelos ambulantes devidamente cadastrados também registram aumento em sua economia nessa época do ano.

Outros números que aumentam durante o carnaval

Turismo:
Em 2018, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico- SEDECON realizou pesquisa de demanda turística. De 100% das pessoas entrevistas, 91% vieram a Bauru por causa do Carnaval, 8% para visitar a família e 1% para estudar.
Os turistas vieram de Salvador, Goiânia, Alfenas, Paraná (Jacarezinho, Londrina e Maringá) e de 22 cidades de nossa região.

Desses turistas:
38% pernoitaram em Bauru:
26% ficaram em albergues, hostel ou pensão
28% na rede hoteleira e 44% em casas de parentes.

Dos valores investidos no município:
28% gastaram até R$ 500,00
44% até R$ 800,00
14% até R$ 1200,00
14 % até R$ 1800,00.

Para conhecimento de todos

A Secretaria da Cultura tem uma verba anual que só pode ser usada na própria secretaria, com eventos relacionados às atividades culturais, dentre eles o Carnaval.
Assim como as outras Secretarias possuem um orçamento que só pode ser gasto por elas, nas ações, atividades e projetos relacionados a suas atribuições.

Em 2019, a Secretaria de Cultura possui aproximadamente R$ 2 milhões de reais para realizar todos os eventos culturais do ano como: aniversário de Bauru, semana do hip hop, festival internacional de música, festival de artes cênicas, virada cultural e festival de bonecos. Lembrando que, para cada evento realizado são investidos 70% com artistas e 30% em montagem de estrutura.

Para o Carnaval especificamente, além dos custos com organização e manutenção do sambódromo que a Prefeitura já executa, estão sendo destinados diretamente para as Escolas de Samba, para o desenvolvimento do seu espetáculo e enredo, o valor de R$360 mil reais. Já para os blocos, o valor destinando é de R$128 mil reais.

Recursos conseguidos por Emenda Parlamentar

Para somar ao orçamento, a Secretaria da Cultura tem uma emenda parlamentar para receber da deputada estadual Leci Brandão no valor de R$250 mil reais, que serão usados em equipamento da cultura. “Nós estamos trabalhando, junto à gestão, com planejamento e sempre buscando recursos para nossa cidade, enfatiza Luiz Fonseca - secretário da cultura.

Por fim, “o carnaval além de ser uma festa popular e cultural no Brasil, porque as comunidades expressam sua arte contribuindo para preservar a cultura local, através do samba enredo e alegorias, também é um momento importante de lazer para nossa população, onde milhares de pessoas vão até o sambódromo para apreciar o espetáculo de todos que trabalham para realizar o evento e dar retorno social e econômico para Bauru” conclui Luiz.

SAIBA COMO O CARNAVAL AJUDA NA ECONOMIA DE BAURU