19/07/2019 | Agricultura e Abastecimento, Cultura

Tibiriçá recebe Queima do Alho para relembrar costumes tropeiros

Neste domingo (21), será realizada a Etapa Final do Circuito Centro Oeste Paulista da Queima do Alho. O evento é uma realização da Comitiva Costela e Viola e conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Bauru, por meio das Secretarias Municipais de Cultura e de Agricultura e Abastecimento.

A 3ª Cavalgada terá início às 9h da manhã, com saída em frente ao Posto Comandante na rodovia Bauru-Marília e seguirá até Tibiriçá, por estrada de terra. O percurso é de aproximadamente 14 km e será feito como os tropeiros levavam sua boiada antigamente. O local de chegada é o Centro Rural de Tibiriçá.

A Queima do Alho acontece no vizinho Distrito, a partir das 10h e seguirá até às 17h. A entrada é franca, com a doação de 01 kg de alimento não perecível. Deverão participar 20 comitivas de todo o Estado de São Paulo. O Vale almoço será vendido antecipadamente e na hora e o cardápio contará com arroz carreteiro, feijão gordo, paçoca de carne seca, farofa, e carne no disco de arado.

O evento conta com a apresentação de duplas de Moda de Viola, Sertanejo e Sertanejo Universitário. Estarão se apresentando: Vaneira Brasileira, Allan & Maycon, Gustavo Moterani, Cláudio Henrique & Matheus, Andrey & Rafael, e Fabrício Ferreira. A festividade conta também com recreação para crianças e é proibida a entrada de Bebidas.

O que é Queima do Alho?
Trata-se de um concurso culinário, em que o vencedor é o cozinheiro que prepara a melhor refeição à moda dos tropeiros, no menor espaço de tempo. O prato é composto de: arroz carreteiro, feijão gordo, paçoca de carne seca e churrasco no arado e é feito em fogão improvisado, bem próximo ao chão. A história deste ritual data do tempo em que os tropeiros viajavam para vender seus bois.

Tibiriçá recebe Queima do Alho para relembrar costumes tropeirosTibiriçá recebe Queima do Alho para relembrar costumes tropeiros