13/08/2019 | Saúde

Sarampo

O que é o sarampo?
O sarampo é uma doença viral aguda, altamente contagiosa, que cursa com febre, tosse, coriza, conjuntivite e manchas avermelhadas na pele. A doença pode evoluir com complicações entre crianças menores de cinco anos de idade, sobretudo nas desnutridas, em adultos maiores de 20 anos, em indivíduos com imunodepressão ou em condições de vulnerabilidade e gestantes.

A transmissão é direta de pessoa a pessoa, por meio das secreções expelidas pelo doente ao tossir, respirar, falar ou espirrar e que permanecem dispersas no ar, principalmente em ambientes fechados como, por exemplo: escolas, creches, clínicas, meios de transporte. As pessoas infectadas são geralmente contagiosas cerca de 6 dias antes do aparecimento da erupção cutânea até 4 dias depois. Os sintomas aparecem em média de 10-12 dias desde a data da exposição. A vacina tríplice viral é a medida de prevenção mais eficaz contra o sarampo, protegendo também contra a rubéola e a caxumba.

QUEM DEVE SE VACINAR?
A Prefeitura reforça que todas as pessoas devem estar devidamente vacinadas de acordo com o esquema abaixo:

As crianças devem receber duas doses, uma aos 12 meses e outra aos 15. Para aqueles que não possuem o registro na carteira de vacinação, e tem entre 7 e 29 anos, devem tomar duas doses da vacina com intervalo mínimo de 30 dias. Os adultos com mais de 30 anos devem ter pelo menos uma dose da vacina. Todos os profissionais da Saúde devem ser vacinados com duas doses independente da idade.

Para os indicados que não souberem sobre o seu padrão vacinal ou ausência de carteira vacinal, devem tomar a vacina.

CONTRA INDICAÇÕES
A vacina é contraindicada para gestantes e pessoas imunossuprimidos, ou seja, aqueles que são portadores do vírus HIV ou que foram diagnosticados com câncer e outras imunossupressões.

Mediante aos sinais e sintomas, a pessoa deve procurar o serviço médico para realizar a suspeita, notificação e coleta do material para o diagnóstico.


Arquivos Disponíveis