14/06/2021 | FUNPREV

Comitê de Investimentos realiza 18ª sessão ordinária de 2021

Órgão responsável por auxiliar nas tomadas de decisões acerca de investimentos e movimentações financeiras da Fundação de Previdência dos Servidores Públicos Municipais Efetivos de Bauru (Funprev), o Comitê de Investimentos realiza encontros semanais para discutir o desenvolvimento das demandas econômicas da autarquia.

Na última quarta-feira (09), o Comitê realizou a sua primeira sessão ordinária do mês de junho, a 18ª do ano. Realizada de maneira híbrida - com membros participando presencial e remotamente (por meio da plataforma Zoom Meeting) -, a reunião respeitou o distanciamento social e todos os outros protocolos sanitários em relação à pandemia de Covid-19.

Além de quatro dos cinco integrantes do Comitê - Márcia Oliveira (presidente), Antonio Martinez, Gilson Campos e Alexandre Costa -, a reunião contou com a presença de Donizete dos Santos (presidente da Funprev), Luiz Macedo (economista da Fundação), José Santos (membro do Conselho Curador) e David Françoso (presidente do Conselho Curador).

Dentre as pautas discutidas em reunião, estão o repasse de R$ 381.920,54 referente à Compensação Previdenciária (Comprev) de abril, valor creditado em 08/06 e aplicado no fundo previdenciário do Banco do Brasil em títulos públicos; e, em consultoria conjunta com o Núcleo de Gerenciamento de Investimentos, a performance positiva nos indicadores de rendas fixa e variável até o fechamento do dia 08/06 (com base em informações obtidas na plataforma da empresa de Consultoria Crédito & Mercado), o que demonstra o alinhamento da carteira da Fundação com a estratégia do mercado.

Além disso, o Comitê também verificou a aderência das aplicações em relação à Política de Investimentos do relatório de investimentos do mês de abril e da sugestão de carteira pelo Banco do Brasil e pela Caixa Econômica Federal. Em ambos os casos, os processos foram encaminhados para discussão dos Conselhos Curador e Fiscal.

Encerradas as demandas, o economista Luiz Gustavo explanou sobre o Fundo de Investimentos Fidic premium e o Fundo de Investimento em Participações (FIP) da Caixa Econômica Federal, deixando claro que a Fundação, desde o início, tem acompanhado o seu desenrolar e atuado seguindo os termos previstos na Lei e nos regimes internos.

Sem mais temas a serem tratados, certificou-se a participação dos servidores e convocou-se os membros para a próxima reunião no dia 17 de junho.